BEM-VINDO
O melhor conteúdo para você

O que é Comportamento Operante de Skinner?

Comportamento Operante, behaviorismo Skinner
Um dos modelos mais básicos e mais conhecido que fora introduzido por Skinner com sua ciência do comportamento, sendo um comportamento voluntário que opera nas contingências. Skinner assim c...
Continuar lendo
  63 Visualizações
  0 Comments
63 Visualizações
0 Comments

Estágios do Desenvolvimento para Henri Wallon

Estágios do Desenvolvimento para Henri Wallon

 

Henri Paul Hyacinthe Wallon, foi um psicólogo, filósofo, médico e um político muito influente na França. Começou desde jovem seu interesse pelo desenvolvimento e pelos processos mentais, atuando com crianças portadoras de deficiências e com feridos na guerra. Ao longo do seu trabalho, ele desenvolveu alguns estágios do desenvolvimento humano que veremos a seguir:

 

Estágio impulsivo-emocional:

Devemos lembrar que Wallon nunca especificou idades limites, ele acreditava num desenvolvimento dialético e interacionista, mas podemos estipular um tempo comum as crianças - o que normalmente ocorre em faixa etária. O Estágio Impulsivo-Emocional vai do nascimento até aproximadamente o primeiro ano de vida, é um estágio predominantemente afetivo, onde a criança está imersa no mundo e não consegue se distinguir dele.

Nesse estágio a criança não possui coordenação motora muito bem desenvolvida, os movimentos são bem desorientados. Entretanto, logo o ambiente facilita para que a mesma desenvolva suas habilidades funcionais, passando da desordem gestual às emoções diferenciadas.

Continuar lendo
  42882 Visualizações
  4 Comments
42882 Visualizações
4 Comments

A Evolução da Escrita na Criança - Vygotsky

A Evolução da Escrita na Criança - Vygotsky

evolucao escrita na crianca vygotsky psicologia

 

Para poder falar sobre a evolução da escrita propriamente dita, temos que emoldurar os processos responsáveis por tal façanha. O brincar exercita a função simbólica, a criança que não brinca fica presa “no aqui e no agora”. Veremos como a função simbólica tem uma grande participação nessa evolução.

 

Continuar lendo
  4639 Visualizações
  0 Comments
4639 Visualizações
0 Comments

Introdução a Teoria de Vygotsky

Introdução a Teoria de Vygotsky

relacao pensamento linguagem vygotsky

 

Vygotsky entende o homem e seu desenvolvimento numa perspectiva sociocultural, ou seja, percebe que o homem se constitui na interação com o meio em que está inserido. Por isso, sua teoria ganhou o nome de socioconstrutivismo, sendo também denominada sociointeracionismo.

Continuar lendo
  10233 Visualizações
  0 Comments
10233 Visualizações
0 Comments

Relação Linguagem e Pensamento - Vygotsky

Relação Linguagem e Pensamento - Vygotsky

relacao pensamento linguagem vygotsky 

Um dos grandes saltos evolutivos do homem em relação aos outros animais se deu quando ele adquiriu a linguagem, ou seja, quando aprendeu a verbalizar seus pensamentos. É por meio das palavras que o ser humano pensa.

Continuar lendo
  7251 Visualizações
  0 Comments
7251 Visualizações
0 Comments

Maiorias e Minorias Psicológica - Kurt Lewin

Maiorias e Minorias Psicológica - Kurt Lewin

site psicologia maiorias minorias psicologicas kurt lewin

 

Nesse artigo falaremos um pouco sobre a concepção de minorias e maiorias psicológicas segundo Kurt Lewin e a Psicologa Social. Vamos estudar um pouco o que significa tais conceitos.

Continuar lendo
  7497 Visualizações
  0 Comments
7497 Visualizações
0 Comments

Religião e Espiritualidade na Psicanálise

Religião e Espiritualidade na Psicanálise

religiao espiritualidade psicanalise site psicologia

 

Se a religião atrapalha o sujeito em responder a esta pergunta ou ergue-se como resistência na elaboração e realização do desejo, ela deve ser questionada pelo analista. Se, ao contrário, o discurso religioso coincide com o psicanalítico e ajuda o sujeito a realizar-se, desenvolver-se e ser criativo e feliz, isso deve ser aceito e reforçado pelo analista.

Continuar lendo
  1679 Visualizações
  0 Comments
1679 Visualizações
0 Comments

A Mente segundo Sigmund Freud - Psicanálise

A Mente segundo Sigmund Freud - Psicanálise

a mente psicanalise psique sigmund freud

 

Podemos dizer, com toda certeza, que a Psicanálise é a teoria que pretende, de forma muito objetiva, explicar o funcionamento da mente humana. Somente a partir disso que ela busca métodos de tratamento de diversos transtorno mentais à luz de seu próprio entendimento sobre o aparelho psíquico.

Continuar lendo
  5417 Visualizações
  0 Comments
5417 Visualizações
0 Comments

Pulsão de Morte: quando estamos além do prazer

Pulsão de Morte: quando estamos além do prazer

pulsao de morte principio do prazer eros tanatos sigmund freud lacan

 

Freud idealizou que o Pricípio de Prazer era a única força motriz do nosso aparelho psíquico, descobrindo depois que não era bem assim. Há algo que nos arrasta no sentido aposto ao do prazer. Apresento a vocês um texto de Felipe Pimentel.

Continuar lendo
  3697 Visualizações
  0 Comments
3697 Visualizações
0 Comments

O que é o Complexo de Édipo em Freud?

O que é o Complexo de Édipo em Freud?

o que e complexo de edipo psicanalise sigmund freud

 

O Complexo de Édipo faz parte do estágio fálico do desenvolvimento psicossexual proposto por Freud, onde o menino desenvolve sentimento de desejo pela mãe e ciúme pelo pai. Confira esse artigo de destrincha os anais dos conceitos psicanalíticos.

Continuar lendo
  8249 Visualizações
  0 Comments
8249 Visualizações
0 Comments

Fidedignidade, Validade e Padronização em Psicometria

Fidedignidade, Validade e Padronização em Psicometria

entender conceitos psicometria psicologia

 

A Fidedignidade em Psicometria representa a precisão do teste, é a consistência dos dados (escores) obtidos pelas mesmas pessoas quando são examinadas com o mesmo teste só que com examinadores diferentes e em condições diferentes. Um teste é fidedigno se o mesmo for exposto a repetidas mensurações e os resultados forem sempre os mesmos.

Continuar lendo
  22183 Visualizações
  0 Comments
22183 Visualizações
0 Comments

O que é a Personalidade?

O que é a Personalidade?

o que e personalidade persona personality psicologia psico logos

 

A palavra "Personalidade" carrega um grande peso de mistério e fascinação em nossa sociedade e é muito utilizada como uma forma de generalizar as características de uma pessoa ou até mesmo para "problematizar determinada subjetividade da pessoa".

Continuar lendo
  2025 Visualizações
  0 Comments
2025 Visualizações
0 Comments

Esquema de Reforçamento Intermitente

Esquema de Reforçamento Intermitente

esquema de reforcamento intermitente razao variada fixa

 

Há duas formas de se reforçar um comportamento dentro do condicionamento operante. Acredito que a mais conhecida é o Reforço Contínuo, onde reforçamos o comportamento logo após a sua manifestação, mas, não é somente o Reforço Contínuo a unica forma de condicionamento e é justamente o que abordaremos nesse artigo.

Continuar lendo
  11885 Visualizações
  0 Comments
11885 Visualizações
0 Comments

Qual a origem do horror ao incesto em Freud?

Qual a origem do horror ao incesto em Freud?

 qual origem horror incesto sigmund freud totem tabu

Freud lança luz nesse tema no título Totem e Tabu, onde ele disserta sobre os aspectos da horda primeva. O horror ao incesto está intimamente vinculado a um mecanismo complexo de "sentimentos" que é intrínseco a todo ser humano: ciúme e controle.

Continuar lendo
  6959 Visualizações
  0 Comments
6959 Visualizações
0 Comments

Existe Psicoterapia Construtivista/Piagetiana?

Existe Psicoterapia Construtivista/Piagetiana?

existe terapia construtivista pscoterapia psicologia

 

Os psicoterapeutas construtivistas se respaldam nas teorias piagetinas e defendem que a terapia construtivista se desenvolve no amadurecimento da relação (construção de significado) entre o sujeito e o ambiente (objeto). Atualmente encontra-se uma pluralidade muito grande dentro das práticas construtivistas, tal pluralidade não ajuda na estruturação e valorização de definições básicas de tais concepções.

Continuar lendo
  1867 Visualizações
  0 Comments
1867 Visualizações
0 Comments

Comportamento Respondente e Operante - Behaviorismo

Comportamento Respondente e Operante - Behaviorismo

Conceitos Fundamentais sobre Comportamento

Recomendo a leitura desse artigo: Skinner e o novo conceito de Ciência Natural. Nele eu abordo algumas concepções atuais que Skinner ajudou a construir e/ou modificar nas ciências naturais.

 

 Entendendo o Comportamento Respondente:

O comportamento Respondente é todo aquele comportamento que é involuntário, que acontece mediante as contingências. Podemos exemplificar mais e dizer que o Comportamento Respondente se dá através de uma mudança ambiental, ou seja, uma mudança ambiental que leva a um comportamento específico. Piscar os olhos na presença de alguma partícula de sujeira ou cisco nos olhos é um comportamento respondente, há um estimulo/resposta e é incondicionado (não aprendido).

Continuar lendo
  24634 Visualizações
  0 Comments
24634 Visualizações
0 Comments

Algumas Considerações sobre a Dinâmica e Gênese dos Grupos

Algumas Considerações sobre a Dinâmica e Gênese dos Grupos

consideracoes dinamica genese grupos kurt lewin

 

Lewin coloca a sua vivência pessoal como primeiro problema a ser estudado, esse investimento de energia foca nas minorias judaicas e somente quando ele estabelece uma “psicologia das minorias judaicas” – que atende aquele grupo específico – é que decide ampliar tal conceito, buscando somente uma “psicologia das minorias”. Essa problemática exposta e explorada por Lewin é que o ajuda a desenvolver a ideia manifesta de Dinâmica de Grupo.

 

Continuar lendo
  3609 Visualizações
  0 Comments
3609 Visualizações
0 Comments

Conceitos sobre Estatística Aplicada à Testagem - Psicometria

Conceitos sobre Estatística Aplicada à Testagem - Psicometria

entender conceitos psicometria psicologia

 

A psicometria busca uma forma de mensurar fenômenos psicológicos para agregar maior valor para as ciências humanas, no caso a psicologia. Com a objetividade das fórmulas aplicadas aos fenômenos humanos, busca-se uma melhor interpretação desses mesmos fenômenos através dos números, porém, somente o número, isolado, pouco nos representa.

Continuar lendo
  4682 Visualizações
  0 Comments
4682 Visualizações
0 Comments

Hierarquia de Necessidades de Maslow

Hierarquia de Necessidades de Maslow

 

 

Abraham Harold Maslow(1908-1970)foi um importante psicólogo americano que muito contribuiu para diversos pensamentos dentro das psicologias. Dentre as obras de Maslow destaca-se a hierarquia de necessidades, ou como é mais conhecida, pirâmide de Maslow, que nada mais é que: para alcançar "perfeita satisfação pessoal" devemos satisfazer as necessidades mais básicas, de nível mais baixo, antes de poder realizar necessidades de nível superior e então conquistar a auto realização.

Tal teoria é conhecida como uma das mais importantes dentro dos estudos da motivação.  Ele diz que é a motivação que nos coloca em ação, por isso as necessidades dos seres humanos obedecem a hierarquias, valores a serem transcendidos. Maslow buscava compreender o comportamento e as necessidades humanas, sendo que tais comportamentos são compostos por necessidades e a satisfação de uma necessidade obrigatoriamente traz uma outra necessidade. Exemplo: Assim que satisfazer todas as necessidades de ordem Fisiológica, segundo Maslow, outras necessidades nos aparece para serem satisfeitas, como a Segurança, e somente galgando realizações nesse esquema de pirâmide poderemos ser auto realizados, ter o sentimento de realização pessoal. Ele explica ainda que a motivação é explicada pelas necessidades humanas, os estímulos levam os indivíduos à ação e nesse caso pode ser externo ou interno. Isso nos dá ideia de ciclo motivacional. Quando o ciclo motivacional não se realiza, sobrevém a frustração do indivíduo que poderá assumir várias atitudes. Mas isso não significa que o indivíduo permanecerá eternamente frustrado. Como a motivação é um estado cíclico e constante na vida pessoal de cada ser, de alguma maneira a necessidade será transferida ou compensada. É importante salientar que Maslow(1970) procurou compreender e explicar o que energiza, direciona e sustenta o comportamento humano. Para ele, o comportamento é motivado por necessidades, chamadas por ele de "necessidades fundamentais". Essas necessidades são baseadas em dois grupos: deficiência e crescimento. Sendo as necessidades de deficiências as ordem fisiológica, de segurança, de afeto e as de estima, já as necessidades de crescimento são aquelas relacionadas ao auto desenvolvimento e realização das pessoas.

Essa teoria tem fortes críticas, alguns pesquisadores afirmam que é possível sentir-se auto realizado sem, obrigatoriamente, realizar necessidades de ordem inferior. Pois, segundo as críticas, há indivíduos que estão realizados, mas que sentem que ainda falta algo ou alguma coisa. O que não quer dizer que ele não passou por todas etapas ou mesmo passou, só que a personalidade, a motivação e o meio social de cada um influencia na auto realização.

Continuar lendo
  11704 Visualizações
  0 Comments
11704 Visualizações
0 Comments