4 minutos de leitura (855 palavras)

Os Desafios da Comunicação nos Relacionamentos: 2 Reflexões que Todo Casal Precisa Fazer

Um estudo de 2021 publicado na revista Frontiers in Psychology procurou demonstrar a relevância da comunicação saudável em um relacionamento, não apenas durante momentos tensos, como discussões ou emergências, mas também ao vivenciar situações positivas, como uma promoção ou uma viagem romântica. A resposta e o modo de comunicação do parceiro durante esses momentos podem influenciar significativamente os níveis de satisfação no relacionamento ou indicar o encerramento da relação..

Aqui estão dois momentos importâncias de serem observados em um relacionamento e que podem dizer sobre seu futuro.

1. Como Seu Parceiro Responde em uma Discussão

Estudos indicam que discussões e problemas de comunicação são causas significativas do término de relacionamentos. Contudo, não é apenas o tema da discordância que importa, mas também como os parceiros se comunicam durante esses momentos.

O tom de voz, a tendência para interrupções ou falar por cima e a sensação de menosprezo ou minimização dos problemas contribuem para o desfecho de um conflito. Embora a discordância em si não seja prejudicial, adotar uma postura defensiva, teimosa ou se afastar da conversa pode ser prejudicial aos relacionamentos.

Em contraste, a "responsividade percebida do parceiro", que indica o quão carinhoso, compreensivo e validador um parceiro é percebido como sendo, tem um efeito curativo em momentos de adversidade. Mesmo durante uma discussão acalorada, é possível manter um tom respeitoso e deixar seu parceiro saber que você se importa com ele, apesar da discordância. "Discutir corretamente" também depende de abordar preocupações sem usar linguagem acusatória e continuar tratando um ao outro com respeito depois.


Pesquisadores ressaltam a importância da "acomodação" em discussões que envolve estratégias para resolver conflitos e restaurar a harmonia nos relacionamentos.

Há geralmente quatro tipos de respostas de acomodação:

  • Ativa-construtiva: Os parceiros discutem intencionalmente questões e trabalham ativamente para resolver problemas.
  • Passiva-construtiva: Um parceiro pode perdoar silenciosamente e esperar pacientemente que as circunstâncias melhorem, sem expressar desaprovação explícita.
  • Ativa-destrutiva: Aqui, os indivíduos tendem a criticar o parceiro e até ameaçar terminar o relacionamento como resposta a problemas.
  • Passiva-destrutiva: Os indivíduos ignoram tanto o parceiro quanto o problema subjacente, levando a uma falta de comunicação construtiva ou possível resolução.

Uma resposta de acomodação ativa-construtiva é mais provável de beneficiar o relacionamento e pode incluir compromissos ou trabalhar juntos para encontrar soluções mutuamente benéficas, ouvir ativamente prestando atenção à perspectiva, sentimentos e preocupações do parceiro, reconhecer erros e oferecer perdão, e afastar-se temporariamente do conflito, se necessário, para se acalmar e reagrupar.

Com uma acomodação saudável, um parceiro busca responder de maneira positiva, demonstrando disposição para priorizar o relacionamento sobre as diferenças individuais. Quando o outro erra, resistem ao impulso de revidar e escolhem lidar com a situação com paciência e compreensão.

2. Como Seu Parceiro Responde a Boas Notícias

Compartilhar boas notícias e momentos de alegria com um parceiro, conhecido como "capitalização", pode tanto aprimorar quanto prejudicar a qualidade do relacionamento, com base em sua resposta.

Um estudo de 2023 (Ter e manter: A gratidão promove a manutenção do relacionamento em vínculos íntimos.) descobriu que se sentir apreciado por um parceiro, frequentemente resultado de uma resposta positiva à capitalização, também o torna mais apreciativo deles, mais responsivo às suas necessidades e mais propenso a se comprometer com o relacionamento.

Semelhante às respostas de acomodação, uma resposta ativa-construtiva à capitalização, caracterizada por entusiasmo e apoio, tem o impacto mais positivo na satisfação do relacionamento. Isso promove sentimentos de responsividade percebida do parceiro, conexão emocional e permite que as pessoas vivenciem eventos positivos mais plenamente.

Por outro lado, respostas passivas ou destrutivas podem fazer o parceiro se sentir ignorado ou subestimado, seja não recebendo nada além de um reconhecimento passageiro ou sendo criticado e invalidado. A longo prazo, esses tipos de respostas levam ao colapso dos relacionamentos. A pesquisa também mostra que respostas ativas-construtivas que são proativas ou pedem ao parceiro para elaborar boas notícias e, assim, amplificar a alegria compartilhada, estão associadas a uma maior satisfação sexual, enquanto outros tipos de respostas estão ligados a uma menor satisfação ou até mesmo a desconforto sexual. Quando um parceiro compartilha sua alegria, isso sinaliza que eles se importam com sua felicidade e bem-estar. Esses momentos podem ser indicadores de quanto espaço emocional eles reservam para você e de quão à vontade estão com você "no centro das atenções".

É  importante, também, cuidar da própria saúde mental para se tornar um parceiro mais responsivo. Não raros descobrimos na prática clínica e com certa experiência de vida que as pessoas são mais capazes de responder entusiasticamente às boas notícias de um parceiro quando estão experimentando emoções positivas - sendo facilitadas pelo processo terapêutico. Responder de maneira positiva quando o parceiro busca conexão fortalece a relação de maneira duradoura.


Priorizar uma comunicação de apoio e responsiva ajuda casais a construir e manter relacionamentos saudáveis e satisfatórios. A forma como os parceiros se comunicam em momentos desafiadores ou felizes é uma oportunidade para o crescimento nos relacionamentos.


Fontes:

Netto, P. M., Quek, K. F., Golden, K. J. Communication, the Heart of a Relationship: Examining Capitalization, Accommodation, and Self-Construal on Relationship Satisfaction.

Selcuk, E., Karagobek, A. B., Gunaydin, G. Responsiveness as a Key Predictor of Happiness: Mechanisms and Unanswered Questions.

×
Stay Informed

When you subscribe to the blog, we will send you an e-mail when there are new updates on the site so you wouldn't miss them.

Nação dopamina: Por que o excesso de prazer está n...
Para quem é a Faculdade de Psicologia que porquê f...

Related Posts

 

Comentários

Nenhum comentário foi feito ainda. Seja o primeiro!
Já possui conta? Faça seu login
Quinta, 22 Fevereiro 2024